sábado, 9 de outubro de 2010

Ao Barreiro

O Barreiro é na outra margem do rio Tejo e se imaginarmos Lisboa como a nossa Manhattan, podemos imaginar de maneira livre o Barreiro como a Brooklyn da grande cidade. Isto para explicar que o Barreiro, por estar à margem, tem descoberto antes o que outros vêm a descobrir mais tarde, formando uma comunidade que se mexe com empenho e vontade, tornando a cidade um ponto de passagem obrigatório para quem quer assistir a bons concertos a preços convidativos de bandas e artistas que vêm do estrangeiro. A propósito do OUT.FEST sigo em direcção ao Barreiro, para recuperar na agenda os concertos que tenho perdido ao longo deste ano.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial