segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Romance no Firmamento

O céu do fim do dia, cheio de cores inesperadas, do laranja ao rosa, do amarelo ao branco, pintaram a paisagem de romantismo. O espaço infinito onde se movem os astros e as estrelas é uma abóbada que está acima de nós. Esse firmamento que não podemos alcançar deveria ser também um fundamento. As cores que apareciam ontem no firmamento, o romance que pairava ontem naquele céu, a atmosfera terrestre antes do espaço sideral. Todos os dias vou olhar para esse firmamento que sustenta a nossa compreensão e entendimento, e dar graças por existir e estar no maior romance que a grande circular produziu. Assim deveria ser todos os dias.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial