sexta-feira, 3 de maio de 2013

O Meu Clube

Tivesse eu tido outra vida e hoje estaria rouco e eufórico com o meu Benfica. Estou tranquilo e contente com a vitória, como é óbvio, mas hoje o êxtase de grandiosas noites como as de ontem é vivido entre as quatro paredes da nossa casa, porque o futebol já não é o ópio de outrora. Talvez hoje seja a minha voz a cantar o hino de Luís Piçarra e a ficar sem tom na última rima a representar todo o sentimento de vinte e cinco anos de sócio, que terminaram nesse instante. O Benfica é o meu clube, mas a minha vida é a minha voz. A final e a vitória será nossa, da minha vida e do meu clube.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial