sábado, 28 de setembro de 2013

Trovões

O tempo está a mudar. Esta frase aparentemente simples pode significar muito mais do que parece. Há trovões à porta de minha casa e flaches de luz a entrar na janela da sala e é só o início da manhã. Este Setembro tem sido parco em grandes novidades, há calor durante os dias da mudança, mas já pontuado por uma brisa marítima ao fim da tarde que chega até ao interior das antigas vilas piscatórias. Há este sentido de mudança que uma frase repetida muitas vezes começa a ter. O som do trovão, ou a lembrança do som de outros trovões, a luz claríssima do raio, e a mudança de rumo interior que acontece com a mudança de tempo exterior. É quase sempre assim.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial