segunda-feira, 10 de abril de 2017

Quaresma

Com o passar do tempo fui percebendo que o único jejum que tenho feito esta quaresma é o jejum das redes sociais, como já o fiz noutros anos. O tempo começou a tornar-se num bem cada vez mais escasso, com a rotina familiar cada vez mais oleada, o tempo começou também a ficar mais dividido entre tarefas profissionais, caseiras e as actividades de lazer. Hoje começa a semana santa, período de reflexão interior rumo aos dias de Páscoa. Aproveito esta altura para reflectir sobre o meu percurso, a sua origem e o seu destino, avaliar as decisões e os passos que percorri. A ajuda do silêncio, da oração, da espiritualidade nessas decisões é fundamental para saber o que não voltar a fazer porque não estive bem e saber o que devo procurar fazer porque estive certo. Este jejum, este silêncio nesta quaresma, é uma forma de continuar a dar importância ao que é realmente importante.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial