segunda-feira, 17 de maio de 2010

Os Socalcos

É impossível não olhar para aquela piscina como um lugar novo. Um lugar onde esteve unida uma família transformado num lugar de ilusão e desilusão, de cinema e ficção, e de uma realidade que já passou. As ruínas transformadas em imagem, as relações tornadas canções e um tempo-espaço em contínua evolução. E está tudo ali. Naquela capa de um homem deitado sobre uma bóia cor-de-rosa, exausto e ao mesmo tempo calmo. Ali o tempo afinal parou e o sol queima mesmo. Não há forma de explicar a origem daquela imagem, apenas mais uma piscina de um outro tempo, quando ainda as crianças brincavam por entre os pinheiros subindo e descendo os Socalcos. Os Socalcos ou a casa de mais uma família quase-perfeita.

4 Comentários:

Blogger Calor Humano disse...

Onde posso ver essa piscina?

17 de maio de 2010 às 19:24  
Blogger Almirante disse...

Na capa do último disco da Feromona.

18 de maio de 2010 às 19:12  
Blogger Me disse...

Desculpe a pergunta, mas Socalcos e exactamente o que ?

19 de maio de 2010 às 00:55  
Blogger Almirante disse...

A resposta está na última frase desta entrada. É uma casa.

19 de maio de 2010 às 10:56  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial