quarta-feira, 17 de novembro de 2010

A Inocência na Canção

Pensar na inocência na canção pópe é ir aos anos cinquenta e descobrir aquelas primeiras bandas deste admirável mundo novo e relembrar a razão da existência das canções, das bandas e dos vídeos. Dou por mim agarrado a um vídeo de uma aparição na televisão dos The Everly Brothers em 1961. Isto é o passado e isto é a inocência de uma indústria a dar os primeiros passos. O gel, a camisa, o fato e a gravata, o olhar em direcção ao infinito. Primeiro a balada e a seguir a nova canção mais dançável e com as variações da canção pópe todas a acontecer, mesmo à espera que haja alguém disposto a usá-la para recuperar toda esta mística perdida, de volta à inocência.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial