segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ruína Reconstruída

Lançamentos de gravações pirata sobre amostras de róque metálico, gravações de discos na lezíria do Tejo com alojamento em caravana, filmagens nas traseiras de um estúdio lisboeta para um canal que afirma que a música portuguesa gosta de si própria. Um admirável país novo, antigo obviamente, que se abriu ao mundo desde o fim da década passada. Não há fome que não dê em fartura. Por ora há espaço para todos e em diferentes ramificações cada banda e artista, projecto e aventura, vai ganhando o seu público e reconstruindo as ruínas em que ficou a nossa pópe. Até chegar novamente o dia em que aquilo que foi reconstruído se transformará na ruína a reconstruir.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial