sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Anticiclone

O quente Outono, provocado pela presença de um anticiclone a oeste do continente é também uma imagem deste tempo de austeridade. As tais medidas que poderão trazer de volta um período de crescimento económico ao fim de alguns anos não vão ser entendidas por todos. Apesar da confiança política parlamentar, o tempo tratará de demonstrar que sem esperança não há estabilidade social. As movimentações de uma sociedade asfixiada são demasiado imprevisíveis. O anticiclone de uma política europeia e mundial baseada em modelos macroeconómicos cegos vai provocar um sobreaquecimento social e dará motivos mais que suficientes para um levantamento popular contra este caminho. É a sustentabilidade intergeracional, tal como o clima mediterrânico, que está em causa.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial