terça-feira, 17 de julho de 2012

Chão Quente

O quotidiano que se renova e o horário que se torna diurno. O dia e a sua luz revelam-se nas primeiras horas, quando o chão começa a aquecer até queimar os pés. O chão começa a ficar quente. Os transportes colectivos e avenida almirante que se desce a pé pelo lado da sombra. A mudança a alterar os percursos e a colocar novamente as ruas que já percorremos debaixo dos nossos passos. Talvez seja esta a forma de nos dirigirmos até ao nosso destino, seguindo a luz solar e aproveitando o dia desde o seu início. Quando o dia termina tarde e chegamos a casa já quase de madrugada, entende-se que o chão continua quente. Apenas porque o sol passou por mais um dia.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial