quarta-feira, 11 de julho de 2012

Pequeno Lago

As águas paradas diante de mim na beira da estrada e ao longe as águas do rio a dirigirem-se para o mar. Como seria bom que eu estivesse no rio a navegar em direcção ao mar alto. A turbulência e a agitação do mar seriam suficientes para acalmar esta indefinição e ajudariam a amainar os movimentos circulares de emoções que sinto quando olho para estas águas paradas enquanto aguardo o autocarro. Imagino então o mar nesta pequena poça, e acrescento as marés e as correnteza do fundo do mar. A mudança no mais pequeno lago que se apresenta à minha frente.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial