segunda-feira, 17 de março de 2014

Dom da Vida

O dom da vida pode ser celebrado numa ida ao supermercado com o meu avô, num piquenique de Primavera no jardim, na visita ao hospital para visitar o filho recém nascido dos meus amigos, no jantar de família com o meu pai, irmãs e enteados. Há muita vida nos episódios que fui vivendo, causa boa impressão ver a vida a acontecer. Desde o início da minha vida tive a sorte de ter gente próxima de mim, que soube cuidar de mim e permitiu o meu crescimento. Há no dom da vida o dom da retribuição, de tentar passar aos outros tudo aquilo que fomos recebendo de outros que cuidaram de nós até este momento. Sem a retribuição e o agradecimento o dom da vida não pode ser celebrado inteiramente. Ser inteiro é retribuir e agradecer.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial