domingo, 15 de agosto de 2010

Homens-alma

Aos poucos e poucos fui deixando de escrever sobre a minha relação particular com a manifestação artística que é a música. A produção tem um efeito perverso e a partir de um certo momento em vez de estarmos atentos à alma da canção, colamo-nos à parte técnica do som. Se está cavado e longínquo, se tem muitos ou poucos arranjos, quais as repetições e ideias melódicas. A organização de sons ao longo de um tempo específico. A emoção é só efeito sensorial. Vale imenso, por esta razão específica, descobrir homens-alma. Cornell Campbell é um desses Homens-alma. Oiçam então este conjunto de pedaços de sons unidos para confortar o espaço.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial