segunda-feira, 9 de abril de 2012

Dias de Páscoa

As recordações dos dias de Páscoa levam-me para as terras do Norte de Portugal, para Guimarães e para o Paço. Do encontro familiar e da recepção do compasso. Decorávamos os caminhos com pétalas de flores desde o portão grande até à porta de entrada da casa. Corríamos por entre as vinhas até ao topo do terreno, onde ficavam as colmeias e o mel. Sentíamos o frio da água do tanque, que jorrava para a terra por entre as pedras. Aquele terreno e aquela casa de família alberga muitas outras memórias. Agora fazemos nós de compasso e visitamos as capelas de família a desejar a Santa Páscoa e a clamar aleluia do fundo das nossas goelas.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial