quarta-feira, 20 de maio de 2015

Bicampeonato

O dia do bicampeonato começou com um almoço à beira-rio. Estava muito calor e vento quente. Depois do almoço viemos para casa e descansei. Saí pelas dezassete horas para ver o jogo em casa de um amigo benfiquista de longa data, com mais gente. Cheguei e assim que as oportunidades eram falhadas os minutos avançavam. Na segunda parte o adversário directo ganhava e ainda não éramos campeões. Mas nos últimos minutos tudo mudou, com o empate do outro jogo a combinação já era vitoriosa. Naturalmente foi-nos entregue o bicampeanato, como conquista de uma época de esforço e de glória. Não foi estranho ganhar dois anos seguidos, só demorou mais de trinta anos. E agora que já não ligo assim tanto à bola.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial