domingo, 2 de julho de 2017

Família Completa

Seriam cerca das oito horas da noite quando recebi o telefonema da minha mulher que ligou para casa. Tinha o telemóvel no silêncio e estava a preparar-me para deitar o filho mais velho. "Pedro, o António teve alta." O sol quase a pôr-se e vesti o nosso filho de novo para ir buscar a família ao hospital. O filho mais novo já tinha nascido há uns dias, mas ainda não tinha condição médica para sair até ontem. A excitação era muita, houve pulos e manifestações de alegria. Chegámos ao hospital e abraçámo-nos. Após a última refeição do mais novo na maternidade, voltámos a casa e entrámos pela primeira vez como uma família completa. Finalmente e passado tantos dias estávamos todos juntos. Houve algo de ficcional e ao mesmo tempo natural nesta chegada da nossa família a casa. Um momento de uma página de um romance, um episódio quotidiano dos próximos anos em família.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial