domingo, 22 de janeiro de 2012

Mudança Interior

A mudança que se anseia é aquela que depende única e exclusivamente de nós. A alteração das condições climatéricas, como se alguém tivesse previsto tudo o que fomos e tudo o que vamos ser. Esperar e aguardar são as armadilhas que nos são postas em frente. Parar aqui é mesmo igual a morrer. Quem é que pensaria que seria capaz de fazer tanto sol no meio de Janeiro? Esta claridade é o sintoma de dias bons, dias de mudança interior. A escolha de variar, como os acordes de uma canção, é o passo mais certo e a pose mais correcta e mais séria. Tudo depende de nós, o destino está nas nossas próprias mãos. O passado demonstra-o e confirma-o. A escolha pela claridade, a mudança pelo raiar do sol.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial