terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Balanço

Nunca como neste ano fez tão pouco sentido pensar num balanço a nível de canções e de discos, tal como nunca fez tanto sentido parar e pensar o ano que passou a nível pessoal e humano. Como se a importância da vida tivesse colocado as canções no seu lugar. Comecei o ano com o desejo da fundação. A fundação de um caminho muito maior do que aquele que poderia imaginar e sonhar. O sonho que comanda a vida fundou-se. A união matrimonial e a vida a dois. A importância deste facto, o início da construção de um templo e de uma fortaleza, deslocou as atenções das canções para as pessoas. No caso para as pessoas mais importantes da minha vida. O resto serão detalhes e pormenores de uma vida com um corpo e um sonho magistral.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial