segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Laudes e Canções

A procura de uma colecção de flores, o anúncio de uma boa nova, o tricotar das palavras e a disposição das letras numa folha em branco. Tudo isto é em resumo o que faz com que o coração continue a bombear o líquido vermelho através das artérias. Cantemos as laudes, rezemos as canções. As palavras colocadas na disposição imaginada por deuses, e as vozes em oração alegre, testemunhando a vida partilhada. O divino, o sonho, a manhã de sol, irrompe com os seus raios através das nuvens, como anjos que anunciam a notícia boa. Ardentemente desejamos tomar parte desse corpo divino e a única forma de o fazer é cantar. Cantar o que a nossa alma sente, porque o corpo, esse, há muito que já não é nosso.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial