terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Fogo de Artifício

O acaso do encontro
as paixões em confronto
e ali tudo era amor
e o sonho de algo maior

Meia-noite
Meia-noite
Fogo defronte

A certeza de um caminho
arroz no chão e rosmaninho
serás minha aqui agora
serei teu futuro afora

Brava fé naquele destino
a emoção que dobra o sino
impossível não vislumbrar
uma vida a partilhar

É meia-noite

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial