terça-feira, 25 de setembro de 2012

Diplomacia

A diplomacia determinou que estivéssemos a representar o casal e a família em dois casamentos em locais distintos. Não foi uma decisão fácil e obrigou a uma distância, que foi combatida por telefonemas e mensagens constantes. Apesar dessa distância estivémos juntos. Quem me via perguntava por ti e desejava ver-te. O mesmo se terá passado contigo, por certo. Esta foi a forma diplomática de podermos dizer sim a dois momentos separados espacialmente e de marcar a presença da nossa família em dois instantes em que também se afirmou sim. A forma encontrada reforçou a nossa forma de estar perante a restante sociedade. Através da representação em dois locais distintos aumentámos a nossa presença e suprimos uma possível ausência.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial