sábado, 10 de novembro de 2012

Do Abismo

A segunda parte da noite dos amigos e dos concertos terminou com uma viagem no autocarro da rede da madrugada, que ia cheio até ao Prior Velho. Antes uma conversa grande sobre isto que andamos aqui a fazer com um grande amigo e com um dos artistas do colectivo. A noite é um local e um espaço de perdição e de proximidade com o abismo. O tal abismo em que caí e consegui sair. Vi corpos a ser sacudidos pelo autocarro porque os pés não conseguiam segurá-lo. É isto mesmo que acontece no abismo, somos sacudidos pela força da queda e do embate e acordamos com feridas expostas e ossos partidos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial