terça-feira, 19 de agosto de 2014

Esbatimento

No tempo de férias a noção da passagem do tempo esbate-se. Atenua-se. A consciência diz-nos que não e no entanto a experiência diária diz-nos o oposto. Amanhã deixa de ser um dia ferial para passar a ser mais um dia de praia. Este esbatimento é como a graduação das sombras num quadro. A importância do tempo deixa de ter tanto relevo. A passagem desse tempo, embora real, já que o sol continua a nascer, as marés continuam a mudar, é apenas uma sombra para dar o devido realce ao cenário onde nos encontramos. É nesta imagem que vou vivendo estes dias, um Verão que não acaba e em que perdemos em parte a noção do próprio tempo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial