terça-feira, 1 de maio de 2012

Da Existência

Há muito tempo atrás escrevi de forma muito incipiente sobre o fenómeno da pópe hipnagógica. Através do destaque de um artigo jornalístico. O tempo foi passando, as bandas foram aparecendo e nasceram outras etiquetas para cunhar o género sonoro. Isso importa pouco, por agora. Importa celebrar a existência de novas formas e novas ideias para chegar a uma canção. Celebrar também a morte dos géneros musicais, e dos artigos de jornais que os criaram. A morte é existência, já o devíamos saber. Por isso, e porque quero, deixo aqui um vídeo que é um clássico do género. Celebrando a existência desta canção.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial