sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Imenso Perdão

O ano aproxima-se do seu fim e com ele a inevitabilidade de começar a pensar naquilo que foi passando ao longo deste tempo. Há uma tentativa de resumir os doze meses que passaram ou de pelo menos recordar os acontecimentos que fizeram parte dos dias. As viagens, as celebrações, as tristezas, as alegrias. Os sítios por onde fomos passando. As varandas voltadas para a linha do horizonte, os comboios e as janelas onde vimos o sol nascer dia após dia. A forma como os dias deste ano foram passando revelou um ano de muita reconciliação, de um imenso perdão, como quem regressa a casa depois de estar demasiado tempo distante.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial