sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Velocidade de Cruzeiro

Imaginam-se fotografias gigantes nas paredes vazias. Regressa-se por duas vezes ao estádio de futebol. Reviram-se os papéis com as contas do condomínio. Escreve-se pouco, trabalha-se mais. Cai um nevão na serra que vamos descer e as férias de Inverno estão salvas. O ritmo intensivo diário, diurno e nocturno. quando não adormeço, dá para rever a história resumida dos meus últimos dias. Sobra menos tempo para tudo o resto, para a escrita e reflexão, para a música e audição. A agenda do ano é tão preenchida que caímos no erro de tentar estar em dois sítios diferentes ao mesmo tempo. Segue assim a direito à velocidade de cruzeiro a passagem imperturbável do tempo.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial