sábado, 12 de março de 2016

Pico Veleta

Olhamos para cima e vemos o pico Veleta, o ponto mais alto da estância. Ontem subimos ao topo da estância, onde se sente o poder e a imponência da serra. No primeiro dia o tempo estava fechado, com frio polar e rajadas de vento e a meio da tarde a visibilidade ficou reduzida pela presença de nuvens e neve. É este poder que exige respeito, porque estamos sempre à mercê das condições meteorológicas. Mas ontem já esteve sol e subimos ao alto, para descer logo de seguida. Os dias sucedem-se, subimos para descer, para voltar a subir e voltar a descer. Um movimento repetitivo e sedutor. A serra acaba sempre por ganhar, voltamos sempre cansados e prontos para regressar no dia seguinte.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial